Crie agora sua loja virtual e ganhe 14 dias para testar todas as funcionalidades!

Aprenda a ganhar dinheiro criando uma loja virtual

O e-commerce está cada vez mais em alta. Seja em negócios que funcionam apenas online ou como método de fazer uma loja física crescer. A verdade é essa: hoje em dia, se você quiser ganhar dinheiro com vendas, precisa ter uma loja virtual.

Comprar online já é tão comum que os clientes esperam isso como padrão para a maioria das lojas. Atualmente, entrar no site de um negócio e não encontrar a opção de vendas online causa até dúvida.

Por que uma loja virtual é um bom negócio?

E em lojas grandes ou pequenas, novas ou de longa data, sempre existirá um objetivo principal: aumentar as vendas. Mesmo com uma venda presencial, ter uma loja virtual fará você ganhar mais dinheiro. Entenda os motivos:

  • Baixo investimento: não requer aluguel de espaço físico para loja e contratação de vendedores.
  • Venda por demanda: produtos mais custosos ou customizados podem ser encomendados conforme são vendidos, eliminando riscos de perda de investimento.
  • Maior alcance: quando você vende online, seus produtos estão disponíveis para um número maior de clientes. Sua marca pode ter alcance em todo o Brasil e até mesmo internacional.
  • Imagem mais profissional para o negócio: a internet já é parte integral da vida do consumidor. Quando um negócio disponibiliza vendas online, transparece algo mais sério, profissional e confiável para seus clientes.
  • Aumento nas vendas: quando você trabalha com o marketing digital e o pareia com vendas online, as vendas decolam. Isso porque ele normalmente guia o cliente por um determinado caminho que termina com a compra. Isso é muito mais eficiente quando o consumidor não precisa se deslocar para concluir a compra.
  • Sempre disponível: enquanto uma loja física tem horário de funcionamento determinado, as vendas onlines estão sempre disponíveis. Seu cliente pode comprar em qualquer horário, qualquer dia. E o melhor: sem custos extras para você.
  • Incentiva compras maiores: como a maioria das lojas online incluem o preço do frete, os clientes normalmente querem aproveitar ao máximo essa taxa. Dessa forma, costumam comprar mais produtos em uma única compra para pagar o envio apenas uma vez. Mesmo em casos de frete gratuito, os clientes costumam verificar toda a loja e comprar tudo que precisam para economizar tempo.

Leve seu negócio a sério

Trabalhar no e-commerce é um privilégio que muita gente sonha em ter um dia. Afinal, quem não gostaria de ganhar seu próprio dinheiro com uma loja virtual, sem se preocupar com horários fixos?

Mas, talvez seja justamente por isso que o negócio exige bastante disciplina – muito mais do que quando trabalhamos em um local físico –. Por isso, cuidado para não se deixar levar por essas vantagens e acabar esquecendo que seu negócio é tão sério como qualquer outro. Profissionalismo sempre!

Defina seu nicho

Essa etapa é essencial para que você consiga começar a trabalhar. A verdade é que, quem está começando, não consegue competir com gigantes. Por isso, quanto mais segmentado seu mercado for, melhor.

Isso significa que você precisa ter um nicho: quanto mais especializado for o seu negócio, menos concorrência você vai enfrentar e mais fácil fica montar sua estratégia. 

Por exemplo: um e-commerce que vende cosméticos pode parecer uma ideia batida, mas não se você segmentar ao máximo esse mercado. Ou seja, em vez de cosméticos em geral, explorar uma área como produtos hipoalergênicos para o público infantil, por exemplo, parece mais interessante, concorda?

Tenha um plano de negócios

Assim como em uma loja física, um e-commerce também precisa de um plano de negócios para orientar suas atividades. Dessa forma, elabore um documento que especifique detalhes sobre a marca, como missão, valores e objetivos.

Também deixe claro quais serão os produtos trabalhados, mapeando os fornecedores e os concorrentes. Monte um cronograma de ações detalhado e não se esqueça de incluir as estratégias de marketing no planejamento.

Isso vai te ajudar a visualizar melhor o que você já tem e o que ainda precisa fazer na sua loja virtual para obter mais vendas e lucros.

Criação e organização da sua loja 

É muito importante que a sua loja seja acessível, fácil de usar, simples e intuitiva. E, claro, ela deve utilizar a comunicação visual para reforçar sua marca e falar diretamente com seu cliente.

Quando falamos de um site “amigável”, estamos emprestando essa expressão do inglês “user friendly”. Ou seja: o layout é intuitivo e não são necessárias instruções específicas para que o cliente utilize-o.

Mesmo o mais leigo dos compradores deve ser capaz de efetuar uma compra rapidamente. Por isso, procure uma plataforma para montar sua loja que vai te oferecer essa facilidade também.  

Produtos

Um produto dificilmente se vende sozinho. O consumidor tem sempre um olhar desconfiado em relação ao que está levando pra casa. Portanto, uma das primeiras regras para ganhar dinheiro com sua loja virtual é criar títulos e descrições claras e objetivas sobre seus produtos.

Certifique-se de fornecer todos os dados e características importantes sobre o produto que está sendo vendido. Até mesmo as informações mais óbvias são importantes – quanto mais organizado e completo estiver, mais rápido e fácil o cliente vai encontrar os produtos e decidir finalizar a compra – e aqui você aprende o porquê isso é tão importante. 

Não deixe margens para que o cliente abandone o carrinho simplesmente porque ficou em dúvida sobre um ou outro aspecto referente ao que está comprando. Encurte, simplifique e torne o caminho o mais confiável e esclarecedor! 

Suporte humanizado 

Lembre-se: em nenhum tipo de interação com o consumidor, a relação acaba no momento da venda. Não poderia deixar de ser assim com as vendas online. Nesse modelo de consumo, ainda mais que nos outros, o cliente espera suporte e cuidado pós-venda. E isso não vale apenas para os casos onde existe algum problema na compra.

É importantíssimo acompanhar o cliente para que ele sempre volte à loja. Ele deverá continuar a receber ofertas, novidades e avisos sobre promoções. Inclusive, é uma boa ideia oferecer vantagens especiais para clientes que já compraram com você anteriormente.

Relacionamento e contato com clientes

Sua equipe também precisa estar disponível para responder eventuais dúvidas quanto ao uso do produto, tempo de entrega e outros detalhes. E, principalmente, se algo der errado, sua equipe deve estar pronta para resolver tudo o mais rápido possível.

Não é impossível conquistar um cliente que teve problemas na compra através de um atendimento transparente, personalizado e eficiente. Existem plataformas que oferecem integração com várias formas de atendimento, o que vai ajudar você a melhorar a gestão desses contatos.

Por isso, escolha bem a plataforma que vai fazer a gestão da sua loja. Isso vai fazer a diferença, pois quanto mais canais de atendimento tiver, mais rápido vai ser ajudar quem precisa. 

Checklist para sua loja virtual

Para finalizar, abaixo temos esse checklist para você não esquecer de nada: 

Formas de pagamento:

Da mesma forma que você teria que se preocupar em uma loja física referente às questões de pagamento,  na sua loja virtual também é assim. É importante oferecer diversas formas de pagamento para que seu cliente possa efetuar a compra da maneira que ele preferir.

Para isso, você precisa de um intermediador de pagamento. Exemplo: na loja física você teria a maquininha, e na online, o intermediador faz isso para você: é possível aceitar pagamentos no boleto, no crédito, até mesmo pix e transferência bancária.  

Forma de envio:

Diferente da loja física que o cliente sai com o produto em mãos, na loja virtual ele tem toda comodidade em receber o produto na paz da sua casa, mas, para isso, você precisa ofertar diferentes formas de envio para que ele receba seu produto com segurança e em perfeitas condições. 

A escolha da plataforma:

Ter uma plataforma que tenha todas essas integrações disponíveis, que seja fácil de gerenciar, que tenha um suporte humanizado e seja acessível fará toda a diferença. Opte por escolher a que melhor vai te ofertar todas essas questões. 

Domínio:

É importante saber que, além de todos os itens acima, você precisa contratar um domínio (é registro de marca da sua loja na internet) para passar segurança e credibilidade ao cliente. Aqui te mostramos os melhores sites para você registrar o seu. 

Conclusão

É interessante ressaltar que, no geral, manter uma loja virtual é muito mais barato e mais escalável do que abrir uma loja física. Ou seja, você consegue ter melhores resultados. Considere que você não está gastando com aluguel, limpeza, reformas, decoração, vendedores, gerentes e equipamento. Também é mais fácil começar com um baixo investimento, ao trabalhar com produtos por encomenda, por exemplo.

O comércio eletrônico é um dos setores de vendas que mais cresce atualmente e cada vez mais pessoas preferem fazer todas as suas compras de forma online. É muito mais rápido, conveniente e confortável.

E, para o vendedor, esse recurso pode significar redução de custos, expansão do alcance da marca e muito mais lucros! Com esse artigo você aprendeu tudo o que precisa saber para entrar de cabeça nesse mercado e ter um site de vendas online de sucesso! Boas vendas!