Crie agora sua loja virtual e ganhe 14 dias para testar todas as funcionalidades!
como aparecer primeira página do Google

Como aparecer na primeira página do Google para pequenos e médios negócios

É muito comum encontrarmos guias com “15 passos para ranquear na primeira página do Google” ou então “23 soluções para o SEO do seu site”. Mas e se tivéssemos uma única estratégia que poderia alavancar seu negócio, colocando ele no topo das pesquisas feitas no Google? 

Felizmente, ela existe. Não é passe de mágica, nem sorte. E o melhor: é uma estratégia que você pode começar a implementar hoje mesmo na sua loja. 

Introdução: para simplificar as coisas

Aparecer na primeira página do Google não é acaso. O buscador mais famoso do mundo registra cerca de 5 bilhões de pesquisas todos os dias. Com tantos olhos nele, torna-se uma excelente fonte de tráfego para lojas online de todos os nichos. 

Porém com grandes oportunidades vêm grandes concorrências. E para gerenciar tanta informação de tanta gente querendo aparecer no topo, o Google precisou criar algumas regrinhas de organização. 

A partir disso, ele consegue determinar de maneira automática quais sites tem preferência no ranqueamento. Imagina só, precisar classificar toooodas as páginas da web manualmente! Impossível, né? E o principal objetivo do Google com isso é entregar a melhor resposta possível para quem vem até ele com alguma dúvida. 

Assim, quanto mais relevantes forem as respostas, mais pessoas vão usar o Google. E quanto mais pessoas usarem, mais dinheiro com anúncios ele ganha. Simples. 

Uma estratégia avançada para aparecer na primeira página do Google

Atualmente, o Google utiliza mais de 200 fatores para determinar quais sites aparecerão na primeira página. Apesar de tanta coisa para gente prestar atenção, nem todos esses fatores têm a mesma importância. 

Pensando em ajudar você a economizar tempo, criamos um passo a passo do que você precisa para ranquear na primeira página do Google.

SEO local para pequenos negócios: a receita para aparecer na primeira página do Google

O SEO local também tem como objetivo a otimização nos mecanismos de busca, mas essa estratégia leva em consideração a sua geolocalização. Ou seja, além de disputar suas palavras-chave com todas as lojas do Brasil, você ainda consegue ranquear na primeira página do Google para sua região, ajudando o usuário a achar uma solução próxima ao local em que ele se encontra. 

Quanto maior a concorrência, mais disputada fica a primeira página do Google, certo? Naturalmente, por ser mais específica e ter menos disputa, fica muito mais fácil aparecer, até mesmo na primeira posição, com uma estratégia de SEO local. 

Por isso, em vez de tentar disputar com grandes marcas para termos super abrangentes, e que têm décadas de história online, foque também no SEO voltado para sua região, com palavras-chave secundárias. 

Um dos maiores pré-requisitos para o Google mostrar seu site no topo é a confiança que você entregará uma ótima resposta para as pesquisas que virão. 

Ou seja, conquistar a primeira página do Google, mesmo com termos de pouca procura, é melhor do que tentar as palavras-chave mais difíceis logo de cara

SEO é um jogo de longo prazo. Para sites novos e com pouco conteúdo, você pode esperar uma média de 35 a 40 semanas para começar a ver os primeiros resultados. 

Essa métrica leva em conta bom conteúdo, escrito em um formato amigável para SEO. Se seu blog ainda não está levando em conta os parâmetros do Google, está na hora de mudar a estratégia 🙂 

Como fazer isso? 

“Edu, tudo muito legal, mas como eu coloco isso em prática no meu negócio?” 

Vou usar uma loja de tênis para exemplificar. Você pode usar os mesmos exemplos e facilmente adaptar para o seu negócio. 

Logo de cara, é importante ter uma descrição super completa do seu produto. Pense nela como equivalente a um vendedor de loja. Ou seja, quase sempre, é ele que vai precisar convencer seu cliente dos benefícios do produto e fechar a venda. 

Assim, uma descrição completa também ajuda a quebrar objeções e tirar as dúvidas dos seus visitantes. Pense comigo: você já comprou algum produto tendo dúvida sobre a durabilidade, políticas de devolução ou tamanho? Provavelmente não, certo?

Por isso, procure abordar todas as incertezas que um visitante do seu site possa ter para não comprar seu produto. 

O segundo motivo é para explorar palavras-chave secundárias. Digamos que você está vendendo um tênis branco. Esse termo é extremamente concorrido. 

As primeiras posições são dominadas por gigantes

Porém explorando keywords secundárias você consegue ser mais específico e aparecer na primeira página da sua região. Por exemplo, “tênis branco Novo Hamburgo” ou “tênis na região de Porto Alegre”.  

print screen negócios locais no google

O Google também mostra estabelecimentos locais como resultado de busca.

como aparecer na primeira página do google

É tão fácil ranquear, que aparecem até mesmo resultados de busca dentro de sites como a OLX e do Facebook, além de termos não relacionados à nossa pesquisa original. 

aparecer primeira pagina do google

Quase nenhum desses resultados no topo correspondem à nossa pesquisa. 

Dica: pesquisas que retornam resultados com títulos muito diferentes são, quase sempre, mais fáceis para aparecer na primeira página do Google. 

Além de ter mais chances de ranquear em número 1 no Google, as entregas para sua região são mais baratas, não é mesmo? Bom para você e para seu cliente. 

Guia para SEO local 

Essa modalidade vem ganhando bastante força desde 2014, quando o Google lançou o programa Pigeon, uma atualização do seu algoritmo. 

Com essa mudança o motor de busca passou a valorizar o fator local dentro dos resultados de busca. Isso abriu uma oportunidade significativa para pequenos negócios conquistarem uma parcela considerável dos cliques na sua região. 

Dessa forma, é importante mencionar que você não precisa atender apenas a sua região para usar essa estratégia. Mesmo se sua loja fizer envios para todo Brasil, você pode usar o fator local. 

Como mencionei antes, o custo é menor para enviar para sua região, e pode ser uma ótima forma de manter o frete barato para seus clientes. Além disso, você pode usar o fator proximidade como estratégia de marketing, criando uma conexão com seus visitantes por serem da mesma região. 

O fator proximidade

Por exemplo, imagine que você está em Paris, tirando várias fotos em frente a Torre Eiffel, e por todo lado ouve francês e inglês. De repente, você escuta um sotaque familiar, um casal de brasileiros para do seu lado para tirar fotos. Instantaneamente, aquele casal se diferencia do resto da multidão e parece ser mais próximo. 

Na verdade, eles são tão desconhecidos como qualquer outro casal, mas por compartilhar da mesma nacionalidade, entender de onde você vem e a sua cultura, acontece uma conexão instantânea. 

Da mesma forma acontece com um negócio local. Estamos tão acostumados a encontrar lojas de vários lugares do Brasil na internet, que até estranhamos ao ver uma loja da nossa cidade, quem sabe do nosso bairro, no Google. 

Por isso, utilize essa técnica no seu negócio. Minhas recomendações são: 

  • utilizar o nome da sua cidade e/ou região na meta descrição dos seus produtos; 
  •  acrescentar sua cidade e/ou região na página Sobre nós do site, bem como nos depoimentos (se possível);
  • acrescentar o endereço correto e criar um perfil no Google Meu Negócio

E, por fim, crie conteúdo local. Mas de que forma? 


Trazendo pessoas conhecidas na sua região, abordando eventos locais, fazendo parcerias com blogs e influencers locais. Vender para todo Brasil é importante, mas você pode aumentar – e muito – seu faturamento explorando a sua região. 

Lembre-se: mais do que simplesmente fazer propaganda do seu produto ou serviço, mostre o seu negócio como parte da comunidade.

Uma ferramenta para ajudar você a aparecer na primeira página do Google 

Para ajudar você com a parte de criação de conteúdo do SEO local, separei uma ferramenta extremamente útil. Mesmo sendo bem conhecida, ela possui alguns recursos pouco explorados. 

Ubersuggest 

Além de todas as funções básicas e mais conhecidas, a Ubersuggest possui uma ótima ferramenta de descoberta para palavras-chave secundárias. Assim, você consegue descobrir quais são os termos da sua região com maior volume de pesquisa. Dá uma olhadinha nesse passo a passo. 

ferramenta para rangera no google

Primeiro, na tela inicial, digite a palavra-chave que você deseja. 

aparecer na primeira página do google

Em seguida, clique em “Ideias de palavra-chave”

aparecer na primeira página do Google

A Ubersuggest te dará ideias de keywords secundárias,  volume aproximado de buscas  e outros dados importantes.

Com esses dados e sugestões, fica muito mais fácil encontrar o conteúdo certo para alcançar seu lugar na primeira página do Google. O segredo é encontrar algum termo de pesquisa com um certo volume de busca e pouca concorrência. 

Conclusão

SEO é um jogo de longo prazo, sabemos disso. Mas esse caminho pode ser encurtado. Aparecer na primeira página do Google tem muito a ver com encontrar o seu espacinho. 

Ou seja, direcionar seu conteúdo do blog ou descrição de produto para termos de pesquisa com tráfego e pouca disputa. 

Essa não é uma tarefa tão fácil, mas a dedicação vale a pena. O tráfego que vem de SEO é qualificado e gratuito. Com uma estratégia sólida você consegue diminuir seu custo de aquisição por cliente e aumentar consideravelmente sua margem de lucro. 

Pontos-chave: 

  • use termos de cauda longa com a sua região (ex: Tênis branco em Novo Hamburgo); 
  • adicione o nome da sua cidade ou região na meta descrição dos produtos e na página Sobre nós; 
  • use a Ubersuggest para encontrar as melhores palavras-chave secundárias relacionadas à sua região;

Espero que esse conteúdo ajude você a aumentar seu faturamento! Se você tiver outras dúvidas sobre SEO, entre em contato pelo LinkedIn. Ficarei feliz em te ajudar! Você também pode aprender mais sobre SEO, tráfego, gestão e muito mais com os outros artigos aqui do blog. Até a próxima!