Crie agora sua loja virtual e ganhe 14 dias para testar todas as funcionalidades!
formas de pagamento black friday

Amplie as formas de pagamento e venda mais na Black Friday

Todo mundo tem uma forma preferida de pagar por suas compras, não é mesmo? No comércio físico, é mais fácil ter a percepção das preferências do público, já que normalmente o cliente pergunta diretamente no caixa se está disponível.

Mas as coisas mudam um pouco no e-commerce: aqui é preciso antecipar as necessidades do consumidor.

Imagine só a situação: o cliente passa algum tempo pesquisando no site, coloca os itens no carrinho e, ao chegar no checkout, descobre que a bandeira do cartão de crédito dele não é aceita. Além de não conseguir concretizar essa venda, a experiência negativa desse consumidor pode fazer com que ele não volte mais a visitar a sua loja.

Pense agora, se esse tipo de situação ocorrer durante a Black Friday, uma das datas de maior ticket médio no e-commerce. Garantir que os principais métodos de pagamento estejam disponíveis é uma excelente estratégia para reduzir o abandono de carrinho e aumentar seus ganhos.

Mas quais são as formas de pagamento preferidas e como ofertá-las aos clientes de forma prática e segura? Confira a seguir.

Formas de pagamento

É importante se munir de estratégias ao escolher os métodos de pagamento disponíveis em seu e-commerce. Ao oferecer mais opções, as oportunidades de conversão e fidelização em decorrência da boa experiência são ampliadas. 

Contudo, é preciso conhecer as vantagens e pontos fracos de cada uma delas e entender de que maneira utilizar cada uma delas para potencializar os objetivos do seu negócio. Confira:

Cartão de crédito

– Apontado como preferido pelos consumidores brasileiros, pois há muitos benefícios extras, como o acúmulo de milhas ou pontos em outros programas de vantagem.

– A possibilidade de parcelamento de compras acaba incentivando compras de ticket médio mais alto.

– Demanda o uso de sistemas com certificações de segurança para reduzir as oportunidades de roubo de dados e clonagem de cartões de clientes.

– Lembre-se de que há diversas bandeiras de cartão e quanto maior a variedade aceita, maiores as chances de efetivar a venda. Mas se você não utilizar um intermediador de pagamento, precisará contratar cada uma delas individualmente.

Boleto bancário

– Ainda hoje, o boleto é o segundo meio mais utilizado pelo consumidor.

– Algumas pessoas ainda não se sentem confortáveis o suficiente para inserir seus dados pessoais em ambientes digitais.

– Atende consumidores que não possuem conta em banco ou mesmo limite no cartão para concretizar determinadas compras.

– Apesar de ter uma compensação mais demorada do que a do cartão de crédito (pode levar até 10 dias úteis), costuma oferecer menores taxas.

– O recebimento é mais rápido do que na compra parcelada e, caso essa seja uma boa opção para a sua loja, pode ser incentivado com estratégias (como um percentual de desconto para pagamentos feitos à vista, por exemplo).

– Para oferecer esse meio de pagamento você precisará ter um bom controle financeiro, acessando sua conta diariamente para controlar os pedidos pagos.

Transferência bancária

Apesar de haver métodos mais modernos, muitos consumidores ainda optam por ela. Por isso, manter essa opção disponível pode evitar abandono de carrinho.

– Aplicativos bancários tornaram as transferências mais fáceis, além de ser uma alternativa para quando não se quer ou pode comprometer o crédito do cartão.

– Contudo, se a transferência tem origem em um banco diferente ao da sua empresa, pode haver taxas que desencorajam o consumidor a concretizar a compra.

– A confirmação da compra não é imediata, sendo necessário solicitar o comprovante ao cliente posteriormente.

Pix

O método de pagamento conquista novos consumidores pela instantaneidade e praticidade (demanda apenas a digitação de uma chave, que substitui número da conta, agência e operação).

– Também proporciona o recebimento quase instantâneo do pagamento, contribuindo para o fluxo de caixa do vendedor.

– Por outro lado, ainda que novas funcionalidades desse método estejam em curso, por enquanto não é possível realizar o parcelamento do valor da compra e não há procedimento padrão para estorno em caso de desacordo comercial ou erro de digitação, o que pode gerar insegurança para o comprador.

Praticidade e segurança

Como você já deve ter percebido, são várias as formas de pagamento utilizadas pelo consumidor. Para oferecer todas em seu e-commerce e potencializar suas vendas nesta Black Friday, você pode escolher alguns caminhos:

Um deles é a contratação de cada um dos métodos diretamente com as instituições financeiras. Nesse caso, cada um deles é negociado de forma individual, gerando diferentes contratos e taxas, além da visualização dos recebíveis que também ocorre de maneira separada.

Outro caminho possível é a contratação de um intermediador de pagamento, que nada mais é do que uma plataforma especializada em conectar empresas, clientes, instituições financeiras e operadoras de cartão de crédito, centralizando os contratos, padronizando as taxas e unificando a sua visualização de recebíveis.

Além de operacionalizar pagamentos com certificações de segurança, como a PCI DSS, por exemplo, que regula o padrão de segurança dos dados para a indústria de pagamentos, coibindo o risco de vazamento de dados e obedecendo critérios da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Para que o intermediador possa agregar ainda mais segurança nas transações, é interessante buscar aqueles que conciliam ainda ferramentas adicionais, tais como a análise de risco e sistema antifraude.

Gestão de pagamento eficiente e descomplicada 

E se você busca ainda mais proteção, pode optar por um meio de pagamento como a Yapay, por exemplo, intermediadora que possui integração com a Dooca e reúne todos esses serviços. 

Além da garantia contra o chargeback (aquele estorno que o cliente aciona diretamente na operadora do cartão de crédito em caso de desacordo comercial ou fraudes cometidas por terceiros) quando o vendedor comprova a efetiva entrega do produto ou serviço contratado.

Com todas essas funcionalidades, você amplia a segurança de seu e-commerce, reduz as chances de abandono de carrinho e ganha tempo para otimizar seu potencial de vendas para a Black Friday 2021.

Artigo escrito por Yapay.