O Dia dos Namorados deve movimentar o e-commerce

Em meio à pandemia, as compras online são uma tendência confirmada pela pesquisa da ShopFully.

Mais de 5,7 bilhões de pedidos e cerca de R$ 2,2 bilhões foram movimentados no Dia dos Namorados no último ano, e seguindo a tendência de crescimento do e-commerce, em 2020 esses números prometem ser ainda maiores devido ao cenário de isolamento social.

Segundo pesquisa realizada pela ShopFully, as compras online serão tendência entre os brasileiros para a troca de presentes nesta data. No mês de abril, os dados de mercado mostram que o varejo online faturou R$ 9,4 bilhões, tornando-se uma alternativa para a compra de presentes.

De acordo com a pesquisa realizada entre os dias 15 e 17 de maio, 64% do público entrevistado é composto por mulheres, sendo 34,4% delas com idade entre 30 a 39 anos. Dentre os entrevistados, 57,2% afirmaram que pretendem comprar presentes para o namorado(a) ou cônjuge. 48% dos entrevistados afirmam que já estão realizando pesquisas de preços e promoções.

Sobre os aplicativos de ofertas, 48,5% afirmam que gostariam de receber notificações de anunciantes, o que nos mostra que ações baseadas em “click to site”, mostrando ofertas e levando os usuários para as lojas virtuais, podem gerar um bom resultado de vendas neste período.

Embora em função do cenário atual, o tíquete médio possa sofrer uma diminuição, 34% dos entrevistados declararam que pretendem investir entre R$ 50 e R$ 100 no presente do Dia dos Namorados. 17% disseram que irão gastar até R$ 150 e 11%, até R$ 200,00.

Entre as categorias de produtos mais buscados, destaca-se Alimentos & Bebidas (26,6%). Seguido por Moda (25%), Cosméticos (16,6%), Chocolates (15,5%), Eletrônicos (15,3%) e Acessórios (12%).

Para este Dia dos Namorados, as marcas mais lembradas são: O Boticário (14%), Natura (3%), Cacau Show (3%), Nike (2%) e Samsung (2%).

Informações do Mercado & Consumo

Fonte: E-commerce Brasil