Crie agora sua loja virtual e ganhe 14 dias para testar todas as funcionalidades!

Produtos na Black Friday: como preparar suas ofertas

Você já começou a preparar seus produtos para a Black Friday? Ainda não? Pois saiba que agora é o momento certo para iniciar a organização da oferta da sua loja.

Afinal, o dia 26 de novembro está logo aí e muitos lojistas também querem garantir bons resultados nas vendas. Por isso, comece o quanto antes para ter sucesso entre os clientes e conquistar os lucros desejados.

Projeções de vendas para a Black Friday 2021

Desde sua adoção pelo comércio brasileiro em 2010, a Black Friday tem chamado cada vez mais a atenção tanto de quem compra quanto de quem vende. 

Para se ter uma ideia, apenas em 2020, o faturamento ultrapassou R$5,1 bilhão, resultando em crescimento de 31% sobre o ano anterior. E ainda, o ticket médio ficou em R$668,70, aumentando 5,1% no mesmo período (Neotrust/Compre&Confie).

E, em 2021, isso não deverá ser diferente. A intenção de compra entre os brasileiros aumentou em 29% para a Black Friday deste ano, com grande preferência pelos canais virtuais.

Sobre as categorias de produtos, segundo pesquisa da Offerwise, a procura deve ser maior por roupas e acessórios, eletrônicos, celulares e informática. 

Como preparar a oferta da sua loja virtual? 

Mesmo que você não venda itens dos nichos destacados anteriormente, pode aproveitar o momento para criar promoções em torno de produtos que garantirão maior rentabilidade ao seu negócio. 

Dessa forma, busque equilibrar bem os descontos oferecidos para os clientes e os custos das mercadorias, assim como seus investimentos em anúncios, por exemplo. Afinal, de nada adianta aplicar energia e recursos na Black Friday para não lucrar ao final da campanha. 

Escolha de Produtos 

Trace estratégias certeiras na hora de preparar quais produtos terão descontos durante a Black Friday. 

Mercadorias com pouco giro no estoque podem acabar tomando muito tempo e dando pouco retorno financeiro para sua loja. Porém, direcionando descontos e promoções, o cenário pode ser invertido e você estimula as vendas desses itens. 

No caso de produtos com validade, promova aqueles que estão mais próximos do vencimento, permitindo condições especiais para não ficar com esse estoque parado.

Referente aos produtos com grande rotatividade, nem sempre é necessário dar descontos ou criar campanhas para destacá-los. Afinal, eles já possuem um bom histórico positivo de vendas.

Negociação com fornecedores 

Mesmo que a Black Friday deste ano ocorra apenas em 26 de novembro, isso não significa que você não precisa se preparar logo. Quanto mais a data se aproxima, mais difícil será encontrar os parceiros certos para sua loja virtual. 

Dessa forma, aproveite para antecipar a negociação com os fornecedores para garantir condições especiais, com maior flexibilidade para descontos e formas de pagamento, assim como entregas dentro do prazo. 

Nessas horas, ter um bom relacionamento com parceiros também pode abrir caminhos para condições ainda melhores, tanto nos preços como na velocidade da reposição. 

Organização dos Estoques 

O planejamento também deve se estender aos estoques de produtos que você disponibilizará para seus clientes. 

De nada adianta preparar a oferta de produtos específicos se, ao chegar na Black Friday, ele esgotar rapidamente. Tenha em mente que o volume de vendas tende a ser muito maior, portanto, antecipe os problemas e trabalhe de forma certeira.

Porém, mesmo que o objetivo seja vender muito, há de se ter cuidado com a quantidade exagerada de estoque, que pode ser um problema. Ninguém quer ter produtos encalhados após essa data, não é mesmo?

Descontos

Após a escolha das mercadorias que receberão algum tipo de promoção, decida o percentual e os formatos que serão utilizados nessas estratégias. Podem ser descontos fixos, progressivos ou também diretamente no frete.

Seja realista e honesto consigo mesmo e equilibre o faturamento com a redução de custos para os clientes.

Mas, no meio de tantas promoções, fique atento para não cometer a famosa “Black Fraude”, ou seja, não aumente os preços dos seus produtos intencionalmente algum tempo antes da Black Friday e diminua na data. Essa prática é muito comum e pode acabar manchando a imagem e reputação da sua loja.

Existem empresas que aumentam os valores em até 70% nos 15 primeiros dias de novembro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR). Isso pode acabar com sua relação com os clientes, prejudicando sua loja a longo prazo.

Layout e exibição dos produtos 

A aparência da sua loja é essencial para realizar ainda mais vendas, principalmente em datas como a Black Friday. Personalize sua loja com temas, categorias e páginas especiais, destacando o que você quer oferecer e os produtos com as melhores condições.

Sem informações claras e completas a respeito dos produtos, assim como imagens de boa qualidade, sua loja pode acabar perdendo clientes. Capriche nas imagens, vídeos e demais recursos visuais, dessa forma o processo de compra do seu cliente tem início com uma boa apresentação da oferta.

Prepare-se para a Black Friday com a Dooca

Pronto para vender muito nessa Black Friday? Então, coloque nossas dicas em prática de forma descomplicada na Plataforma Dooca! Se você ainda não faz parte da nossa tripulação de Doocanautas, teste agora mesmo com todos os recursos grátis por 14 dias!

Hey, Doocanauta! Queremos sugestões para fazer conteúdos cada vez melhores e ajudar você na sua jornada pelas vendas online 

Então, conta pra gente nos comentários o que você achou deste artigo e quais funcionalidades Dooca você gostaria de conhecer melhor 🙂

Contributors