Crie agora sua loja virtual e venda seus produtos para todo o Brasil!

E-book: como migrar seu e-commerce para a Dooca em 2022

Sua plataforma está sempre caindo? O suporte demora para responder? Sua loja virtual não tem dado bons resultados? Se você possui em e-commerce em 2022, mas sente que está preso(a) em uma plataforma e não consegue encontrar uma solução para isso, existe um processo chamado “migração” que pode ser a solução para o seu negócio.

Ao migrar de plataforma, você transfere todos os dados do seu e-commerce para outra ferramenta. Com isso, é importante ter cuidado, principalmente durante o redirecionamento das páginas.

É natural começar a vender através de uma plataforma de vendas mais simples. Porém, com o crescimento de um negócio, é normal querer torná-lo mais profissional e organizado. Para isso, é necessário contar com um servidor que acompanhe esse crescimento, assim como planos vantajosos, com integrações, funcionalidades, ferramentas de marketing e aplicativos extras.

Uma boa plataforma de e-commerce precisa oferecer um serviço estável, ou seja, seu site não pode cair em períodos com muito tráfego (Black Friday, Dia das Mães, Natal, etc).

Aproveite para conferir nosso e-book especial sobre migração de plataforma para seu e-commerce em 2022!

Percebendo que é preciso mudar de plataforma

Muitas vezes é possível identificar o momento certo para mudar de plataforma. Para chegar a essa conclusão, basta ficar de olho em alguns sinais importantes que podem ser determinantes para o sucesso do seu negócio.

Dá uma conferida na checklist que preparamos com pistas para saber a hora de migrar:

  • Seu site cai de forma constante (principalmente em datas comemorativas);
  • Você espera por horas para ter suporte;
  • Pouca autonomia para mudar os detalhes do seu e-commerce;
  • Seu negócio não tem crescido como você esperava.

Essa pode ser a escolha certa para alcançar os seus objetivos vendendo online. É melhor mudar o quanto antes do que arriscar perder clientes ou, até mesmo, vendas.

Quanto mais tarde essa decisão for tomada, pior será para o seu negócio.

Quando devo trocar de plataforma?

Mudar de plataforma pode ser desanimador para muitos profissionais. Porém, é necessário colocar na balança o que é mais válido: persistir em uma plataforma que não está dando bons resultados ou investir algum esforço em um breve período para mudar esse cenário?

Ao persistir na mesma plataforma, o crescimento do seu e-commerce pode travar. Sabendo disso, trocar de plataforma pode ser a virada de chave que o seu negócio precisa.

Confira alguns dos problemas mais comuns e que prejudicam o seu e-commerce:

  • Custos acima do esperado: sua loja gasta mais com servidores, transações e integrações do que você pode pagar. Além disso, ela depende de uma agência especializada para fazer manutenções e mudanças e você ainda tem custos para aumentar o limite de produtos, páginas e visitas;
  • Problemas técnicos: você (ou sua equipe) não consegue atualizar as informações do site, a plataforma é instável, tem poucas integrações nativas e não permite novos recursos via APIs. A plataforma tem problemas de sincronização com sistema de ERP e gestão, além de uma má otimização do site para dispositivos móveis;
  • Suporte não é qualificado: você precisa esperar muito tempo para receber atendimento, não consegue conversar com uma pessoa de verdade, apenas robôs, além de não ter um suporte nas suas decisões. Você não tem prioridade para casos urgentes ou sua plataforma é de outro país, o que dificulta a comunicação.
  • Você não consegue vender: a infraestrutura da sua plataforma não permite que você expanda suas vendas para outros canais, não possui recursos de venda como o Instagram Shopping ou você não consegue criar campanhas e promoções sem suporte técnico. Além disso, há um limite de funcionalidades como kits de produtos e cupons de desconto.

Como fazer a migração de plataforma?

Para as lojas virtuais que estão crescendo e precisam de mais recursos para uma gestão ainda melhor, a migração de plataforma de e-commerce pode ser uma ótima solução.

Para passar por essa etapa sem qualquer contratempo, é possível contratar uma agência especializada para realizar toda a migração do seu e-commerce para uma nova plataforma.

Porém, antes disso, tenho um conselho que pode parecer simples, mas faz toda a diferença: planejamento nunca é demais.

Então, se você está pensando em levar seu e-commerce para outra plataforma em 2022, planeje todos os passos para que nada inesperado aconteça.

Para ajudar nisso, preparamos um e-book especial com tudo que você precisa saber sobre o processo de migração para lojas virtuais!