Crie agora sua loja virtual e venda seus produtos para todo o Brasil!

Marketplace shopping: vantagens e desvantagens para empreendedores

Marketplace shopping é uma tendência que cresce a cada dia, com muitas empresas do ramo crescendo de forma exponencial e grandes varejistas aderindo a este modelo de negócio.

Eles já representam cerca de 80% do faturamento do e-commerce brasileiro, segundo levantamento da Ebit/Nielsen. Ele ainda revela que o mercado dos marketplaces cresceu 52% em 2020.

Ainda em 2020, foram feitos mais de 194 milhões de pedidos, com R$87,4 bilhões arrecadados no período.

O que são?

Os marketplaces funcionam como shoppings virtuais, reunindo diversos lojistas em um mesmo lugar e permitindo que os usuários adquiram produtos de diferentes marcas.

Eles podem ser sites ou aplicativos mobile, nos quais os vendedores criam suas lojas e podem vender para públicos muito grandes.

Em troca disso, plataformas como Amazon, Americanas, Magazine Luiza e Mercado Livre cobram taxas/comissões sobre os pedidos.

Qual o custo para vender em Marketplaces?

Nem tudo são flores ao vender em um marketplace shopping, afinal, você pode aproveitar toda a estrutura dessas plataformas e toda sua cartela de clientes. Em contrapartida, elas cobram porcentagens sobre as vendas. 

Confira as cobranças dos maiores Marketplaces do Brasil:

  • Mercado Livre: 11% a 19% + R$5 por unidade em produtos abaixo de R$79;
  • Americanas: 16% + taxa fixa de R$5 a cada venda;
  • Shopee: 12%;
  • Amazon Marketplace: 8% a 20%;
  • Magalu Marketplace: 16%;
  • B2W: 16% + R$5 fixo a cada venda.

Além disso, por conta da grande concorrência dentro desses ambientes, é aconselhável investir em publicidade para fazer anúncios. Algumas plataformas, inclusive, cobram uma espécie de assinatura extra para expor seus produtos.

Cuidado para não confundir

Quando falamos em vendas online, as possibilidades são muitas. Podemos estar falando de marketplaces, lojas virtuais ou, até mesmo, e-commerces. Mesmo sendo utilizados como sinônimos por muitas vezes, existem algumas diferenças entre eles.

O e-commerce, por exemplo, é todo tipo de comércio eletrônico que acontece por meio de dispositivos conectados e de forma virtual.

O marketplace shopping, por sua vez, é um canal de venda que lojistas usam para oferecerem seus produtos, em troca de uma taxa sobre suas vendas.

Já a loja virtual é um canal de vendas exclusivo do lojista, que pode criar sua própria loja e administrar como achar melhor, utilizando sua identidade visual e produtos.

Entendeu como existem pequenos detalhes a serem considerados entre cada um desses conceitos?

De qualquer forma, é possível aproveitar todos eles dentro do seu negócio, basta traçar a estratégia certa e usar todos que você achar necessário para levar seu negócio a um novo nível.

Com a Dooca, você pode ter uma loja virtual com Hubs de Marketplaces integrados e vender muito dentro do e-commerce brasileiro.

Tipos de Marketplaces

Existem diversos modelos de marketplaces, cada um focado em um tipo de negócio.

Os Marketplaces de produtos físicos, por exemplo, são voltados para vendas de produtos como roupas, móveis, livros, calçados, etc.

Já os marketplaces de serviços são usados por pessoas que prestam serviços e, em troca, pagam uma comissão para a marca, como Uber, Cabify e 99.

Já os marketplaces de aluguel são aqueles que oferecem aos consumidores alugar quartos em hotéis, hostels ou até mesmo casas. O maior exemplo, hoje, é o Airbnb.

Além desses modelos, existem os marketplaces de agendamento, que atendem públicos específicos (profissionais liberais, psicólogos, dentistas, médicos), e marketplaces de anúncios, que trabalham a divulgação de produtos, servindo como vitrine.

Se estiver na dúvida sobre qual é o mais indicado para o seu negócio, faça o comparativo com seus produtos ou serviços oferecidos e escolha a que mais seja adequada para você.

Vantagens

Os marketplaces oferecem muitas vantagens para quem vende por lá. Dá uma conferida nos principais pontos que podem fortalecer o seu negócio:

  • Visibilidade: grandes bases de clientes e um público engajado;
  • Credibilidade: carregue os nomes de grandes lojas ao lado do seu negócio;
  • Oportunidade de vendas: a maior parte dos marketplaces é focada nas vendas, então não vão faltar oportunidades para você lucrar por lá;
  • Infraestrutura pronta: você não precisa se preocupar com a criação do seu ambiente de vendas, pois os marketplaces já oferecem um espaço pronto para você sair vendendo.

Desvantagens

Essas plataformas, porém, também têm suas desvantagens:

  • Limitações: você não pode fazer grandes alterações no seu espaço de vendas, podendo aproveitar, apenas, o que é disponibilizado por essas plataformas.
  • Identidade da marca: geralmente, quando uma pessoa compra algo por um marketplace, costuma falar que comprou no Mercado Livre, Magalu, Shopee ou qualquer outra plataforma, menos na loja principal. Isso é ruim para o seu negócio, pois seu nome deve ficar cada vez menos conhecido, caso você dependa apenas dos marketplaces;
  • Concorrência: ao vender seus produtos em um marketplace, eles podem ser comparados a diversos outros, seja por preço, qualidade ou qualquer outra característica. Em qualquer cenário, a concorrência será grande;
  • Margem de lucro menor: as taxas fixas e variáveis influenciam diretamente no seu lucro sobre as vendas.

Sabendo utilizar essas ferramentas a favor do seu negócio, as chances de você ter sucesso nas vendas online apenas aumenta. É possível oferecer seus produtos de uma maneira que deixe claro que, dentro da sua loja virtual, os preços são mais baratos.

Dessa forma, você consegue fidelizar seu público e atrair essas pessoas para a sua loja, evitando pagar taxas e mais taxas sobre as vendas.

Mas, se achar melhor, ao vender tanto em um marketplace shopping quanto em sua loja virtual, isso também será positivo para o seu negócio.

Agora que você conhece o que são os marketplaces, assim como suas vantagens e desvantagens, aproveite as integrações da Dooca com os Hubs de Marketplaces Plugg.to, Anymarket e SkyHub, e venda nas maiores lojas do Brasil e na sua própria loja virtual com a nossa plataforma.